Variedades #40 Fábulas

As mais conhecidas historias infantis não são livros, são as fábulas, sempre curtas e com uma lição de moral, podem ter detalhes modificados dependendo de quem conta, mas sua essência sempre permanece e a lição é sempre dada.


Geralmente os personagens são animais, que na realidade caracterizam algum traço de personalidade humana, vaidade, honestidade, egoísmo, as raposas são uma constante nas fábulas, significando esperteza, egoísmo, vaidade e até sinceridade.



La Fontaine - Museu do Louvre
Como nomes expressivos temos Esopo, considerado “criador” do gênero pelos gregos, embora não haja nada escrito em seu nome, suas fabulas foram contadas através do tempo e ninguém jamais reivindicou a sua autoria, e La Fontaine que escreveu uma das mais conhecidas fabulas da historia “A cigarra e a formiga”, inclusive adaptada para o desenho animado Pica-Pau.

No Brasil o nome de maior expressão sem duvidas é Monteiro Lobato, que dedicou vários livros ao tema, por exemplo, Fábula, livro infantil escrito por Monteiro Lobato e publicado em 1922, antologia que conta com diversas fábulas de Esopo e La Fontaine. Nesse livro Lobato as reescreve, comenta e até as critica, o livro conta com 74 capítulos, cada um corresponde a uma fábula.

Quem já pode assistir ao Sitio do Pica-Pau amarelo, uma adaptação do mais famoso livro de Lobato, pode encontrar em seus episódios varias fabulas reescritas por ele usando os personagens do Sítio.

Além de Monteiro Lobato, Millôr Fernandes, ficou conhecido por reescrever as fabulas de uma forma mais sarcástica e refinada, traço característico da sua escrita.

As fabulas são usadas na educação infantil, principalmente, por que traz de modo implícito o ensinamento de preceitos morais e leva a criança ao apontamento do certo e errado institivamente, a moral da historia é explicita, mas a criança pode chegar à resolução da problemática apresentada por si só.

A Raposa e as uvas - La Fountaine

Uma atividade interessante é questionar a criança ao longo da historia, levando-a a conclusão daquela pequena trama, essa pratica exercita a criatividade e consolida na mente infantil valores morais e éticos importantes.

Não pense que só existem fabulas lindas e infantis, varias são voltadas especialmente para o mundo adulto, contendo o mesmo objetivo moral, algumas são bem sinistras e pesadas.

A Raposa e a Cegonha












Inocente ou culpado

Conta uma lenda, que na Idade Média, um religioso foi injustamente acusado de ter assassinado uma mulher. Na verdade, o autor do crime era uma pessoa influente do reino e, por isso, desde o primeiro momento se procurou um bode expiatório, para acobertar o verdadeiro assassino.
O homem foi levado a julgamento, já temendo o resultado: a forca. Ele sabia que tudo iria ser feito para condená-lo e que teria poucas chances de sair vivo desta história.
O juiz, que também estava combinado para levar o pobre homem à morte, simulou um julgamento justo, fazendo uma proposta ao acusado para que provasse sua inocência. Disse o juiz:
- Sou de uma profunda religiosidade e por isso vou deixar sua sorte nas mãos do Senhor: vou escrever em um papel a palavra INOCENTE e em outro a palavra CULPADO. Você pegará um dos papéis e aquele que você escolher será o seu veredicto.
Sem que o acusado percebesse, o juiz preparou os dois papéis com a palavra CULPADO, fazendo assim, com que não houvesse alternativa para o homem. O juiz colocou os dois papéis em uma mesa e mandou o acusado escolher um. O homem, pressentindo a armação, fingiu se concentrar por alguns segundos a fim de fazer a escolha certa, aproximou-se confiante da mesa, pegou um dos papéis e rapidamente colocou-o na boca e engoliu. Os presentes reagiram surpresos e indignados com tal atitude. E o homem, mais uma vez demonstrando confiança, disse:
- Agora basta olhar o papel que se encontra sobre a mesa e saberemos que engoli aquele em que estava escrito o contrário. 




 
A Assembleia dos Ratos - Esopo
 Considere a fabula em suas leituras, sem duvidas lhe proporcionará momentos agradáveis de uma leitura simples e direta que poucos livros têm, a leitura descompromissada pode dar a energia extra para aquele livro pesado que está pensando em começar! E não se esqueça de inclui-la na lista de seus filhos! É um excelente exercício à consciência moral do seu pequeno!

19 comentários:

  1. adoooor fábulas, mas hoje em dia não costumo mais ter tanto contato. quando eu era criança eu gostava bem mais. vivia lendo e adorava ver o Sítio! *-*

    ResponderExcluir
  2. Que post lindo Maíra!!!!! adorei!
    As fábulas fizeram parte da minha infância, e espero poder passar isso aos meus filhos também!
    Adorei seu post! Simples e perfeito. E o curta? Não vou dizer que foi lindo, mas passou uma mensagem e tanto! parabéns!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Eu amava fábulas. Tinhas mttts de diversos autores regionais e nacionais. Vivia lendo e ficava viajando com as histórias huhau sinto até saudades de algumas

    ResponderExcluir
  4. Oi Maíra :)
    Eu adoro fábulas, sempre que a minha irmã mais nova pega alguma na biblioteca da escola, eu leio também. Eu acho uma leitura muito boa e leve. Gosto muito dos ensinamentos que algumas nos trazem e acho essencial que pessoas de qualquer idade leia!
    Adorei o curta, simples e ao mesmo tempo cheio de mensagens. <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adoro fábulas amei essa de cima "Inocente ou culpado" , adoro pq sei la leio essas fábulas desde pequena e simplesmente me apaixonei por elas .

    ResponderExcluir
  6. Oiiii, olha a Emiliaa.. <3
    Adoro fábulas, sempre aprendo com elas, me fazem refletir...
    E acho que essa é a reação em qualquer pessoa, não importa a idade!!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  7. comecei a me interessar por leitura com livrinhos de fábulas. acho extremamente importante a introdução das leitura em crianças, e essa é uma ótima forma, pois tras sempre uma moral.

    ResponderExcluir
  8. Oi querida, ótima postagem...Sempre amei contos e adorei matar a saudade conferindo tua postagem.O Sítio foi a que mais gostava!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. nossa, primeiro post que vejo nos blogs que eu visito sobre algo como fábula. Amei ! Parabéns pela criatividade.
    Eu amo fábulas, parecem ser infantis, porém, elas nos trazem lições, tanto para crianças quanto para adultos. Amo, amo, amo *---*
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  10. Eu fico muito feliz que vcs estejam gostando das minhas postagens! Esse apoio é essencial pra quem escreve! Tudo que faço aqui é com muito carinho! Especialmente quando se trata de um post sobre tema infantil! Obrigada meninas lindas!

    ResponderExcluir
  11. E meninos lindos tb! kkk acabei de ver o Lucas comentando ali!

    ResponderExcluir
  12. Tenho váaarios livros de fábulas, que junto desde que comecei a ler, adoro o tema, sempre lia para minha irmãzinha, que agora começou sua própria coleção, e com certeza lerei para meus filhos. Monteiro Lobato foi a marca de minha infância, tanto na tv, com o sítio do pica-cau amarelo, quando com suas antologias e estórias. Li diversos livros dele e recomendo a todos. Ainda tenho minha pequena boneca de pano, e vou levá-la comigo para sempre <3
    Bjs
    inspiration-tatis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Adoro fábulas, me lembro de ler muitas e muitas. Lembro-me também de assistir "Sítio do pica-pau amarelo" quando criança, eu AMAVA..

    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  14. Muito interessante o post! Adorava ler fábulas quando eu era criança, sempre me divertia e me encantava muito. Lendo seu post me deu uma saudade de voltar a lê-las, acho que vou procurar alguma para matar a saudade rs
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Que post lindo!!!! Adorei as imagens e o vídeo.
    Adoro fábulas e simplesmente amo O Sítio do Pica Pau Amarelo, assisto até hoje :)

    ResponderExcluir
  16. Nossa eu adorei essa fabula "Inocente ou culpado" (pelo menos eu acho que dever ser uma fabular), muito legal mesmo, eu acho que nunca na minha vida li uma fabula, mais eu gostei de saber que não existe só fabulas infantis e sim também existem fabulas adultas.

    ResponderExcluir
  17. Oi, eu adorei o post, dica super bacana, ah bons tempos, eu adorava assistir O sítio do pica-pau amarelo, era super legal, curto muito fabulas e como você também indico muito a leitura.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  18. Adorei o post! Quando criança, era o que eu mais lia! Também adorava o Sitio do pica pau amarelo, é a minha fábula preferida. .

    ResponderExcluir
  19. Sempre adorei fábulas. Eram elas que me prendiam nas bibliotecas da escola quando eu era pirralinha. A estória da Emília sempre me encantou. E as várias versões de A formiga e a Cigarra.
    E eu adorei essa Fábula. Quem foi mais sábio ao final? Adorei, como sempre adoro fábulas.

    ResponderExcluir