Filmes #31 - Keith

Título: Keith
Título Original: Keith
Gênero: Drama, romance
Duração: 93 minutos
Sinopse: Natalie e Keith são dois adolescentes completamente divergentes. Ela, compulsivamente organizada; ele, de poucas perspectivas e o tempo todo despreocupado. Ao se tornarem parceiros nas aulas de química têm de começarem a passar o tempo juntos. Assim, começam a vivenciarem inúmeras aventuras um tanto quanto impulsivas na caminhonete amarela de Keith, construindo uma grande amizade que acaba por ter como consequência um estranho amor, capaz de revirar todas as certezas que tinham. Mas qual será, afinal, o correto a se fazer com os sonhos que não são seus? O que fazer ao descobrir que, ao fim, tudo no que acreditava era irreal?


Keith foi, particularmente, surpreendente. Desde a ausência da típica máscara de purpurina existente em filmes juvenis até seu desfecho trágico e comovente, pareceu desencadear em cada detalhe uma reflexão. Não foi uma produção feita com o intuito de narrar e delimitar o amor, mas sim suas consequências e obstáculos. E, talvez por expor momentos singelos e cotidianos ao invés de situações surreais, tenha uma forma única de demonstrar um grito sincero.

Ao seus dezessete anos, Natalie (Elisabeth Harnois) (sobre)vive com cada segundo minuciosamente programado. Toda a sua existência parece girar ao redor de apenas um único objetivo: entrar no que lhe parece a universidade dos seus sonhos. O grande problema é que, atada às expectativas alheias, não vê onde terminam os desejos de seus pais e onde começam os seus. Assim, "seu" maior sonho nada mais é que um reflexo da pressão exterior. Por outro lado, Keith (Jesse McCartney) é completamente seu oposto. Tendo como único intuito seguir suas vontades momentâneas, sem se preocupar com o futuro, exibe como único plano a adaptação e conserto de sua caminhonete amarela.


Unidos ao "acaso", passam a se tornarem parceiros na aula de química avançada, sendo "obrigados" a conviverem juntos. Assim, gradativamente, o interesse de ambos os lados parece se despertar. Mesmo que o receio e o medo se exibam por um tempo, rapidamente são vencidos pela curiosidade e fascínio que Natalie sente por Keith. Este, misterioso em atitudes e falas, a apresenta um mundo sem toda a carga e pressão com que estava acostumada.

É um filme ideal para o público adolescente por, além de nos trazer a capacidade de discernir entre o que é real e o que apenas cremos que é, propagar o carpe diem. Isto é, nos incentiva a vivermos plenamente ao invés de nos submetermos às ordens que nos são dadas. Honestamente, considero imprescindível na contemporaneidade transpassarmos a importância de sermos nós guias de nossos destinos, ao invés de entregarmos nossas rédeas.

30 comentários:

  1. Adorei a sinopse, parece um filme bem interessante! Essa coisa de aproveitar o momento é muito parecido comigo, rs. Eu não consigo me programar pra nada, simplesmente não dá, rs.
    Acho que vou gostar do filme, vou assistir esse final de semana (:

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Eu nunca tinha parado para realmente saber do que esse filme se tratava, embora já tenha ouvido falar algo sobre ele... eu deveria ter parado :) rs'

    Fiquei curiosa, principalmente porque não parece que só se resumirá a um foco adolescente. Gosto de história que doam mais. Com certeza vou conferir - meio que sigo todas as dicas que pego aqui; depois dos seus post's assisti A Mentira, Guerra dos Mundos... e agora Keith ;)

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sinopse^^ Achei interessante, gosto de histórias desse tipo, acho bem fofo, não assisti este filme, vou procura-lo pela net^^

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nesse filme, mas gostei, adoro filmes adolescentes e com uma pegada mais romântica, sem contar que eu ADORO esse ator (to pegando o costume de olhar filme só por causa dos atores :X ) fiquei bem interessada em ver ele, sera o próximo da lista. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia este filme! Gostei muito da resenha, Parabéns!

    Vou procurar pra assistir!

    Bjo ^ ^

    ResponderExcluir
  6. Nunca ouvi falar desse filme...tem cara dos filmes que minha irmã vê. Não sou nem um pouco fã de filmes com romance e tals...mas se tem um final trágico, bem...vou procurar ele pra ver. rs

    ResponderExcluir
  7. Quando comecei a ler a resenha sobre esse filme, me veio a cabeça o livro Química Perfeita. Os protagonistas são opostos, mas estudam na mesma escola. E pá, ela começa a ser parceiro dele na aula de química. kkkk por isso lembrei, tá que a história no geral não é lá muito igual. Mas me lembrei na hora! rs
    Eu não gostei muito do enredo, achei meio morno. Do jeito que ando... não dá pra mim não. Tem que ser um filme que me desperte muito o interesse, por que viu?! haha :x

    ResponderExcluir
  8. Ei, Carol! Adorei a sinopse; já tinha visto esse filme em alguns sites, mas nunca tinha me interessado de princípio. O que é super estranho, afinal de contas, sou apaixonada por histórias assim. Acho que se entregar à vida, aproveitar cada momento é sempre o mais importante, né? Já anotei o nome, e no final de semana vou assistir. Beijocas.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia este filme ainda, mas bateu uma vontade de assistir ele tipo A.G.O.R.A. Acho lindo filmes com romance.

    ~~~ Blog Gossip Girl .... Fan Page .... Tudo sobre os famosos u-u ~~~

    ResponderExcluir
  10. Olá! Esse filme me pareceu mesmo interessante, gosto de produções reflexivas assim, e apesar de ser muito nova eu também assumo que temos essa mania de sonhar para os outros algo que nem sabemos se condiz com o que a pessoa quer. Senti falta de mais informações sobre o enredo, mas mesmo assim amei a dica:) Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o filme também, mas acabou me chamando a atenção.
    Achei as fotos postadas aqui lindas, e espero que fuja daquele tipo de filme clichê, adolescente e chato. Vou assistir sim! ^^

    ResponderExcluir
  12. parece ser uma história linda, e totalmente clichê hahaha
    adoro isso :D
    faz tempo que ele foi lançado?

    ResponderExcluir
  13. Taí uma coisa que é fácil na teoria, mas terrível na prática. Tomar as rédeas do seu próprio destino, quase impossível. Eu tento, a cada dia eu tento e espero poder conseguir, é meio complicado, mas vou tentar fazer mais. O filme é bem clichê, muito clichê, não sei se veria.

    ResponderExcluir
  14. Interessante, os opostos se atraem; é oq dizem por aí . Enfim, a história não é aquele TUDÃO, mas esse filme é daqueles que é perfeito de assistir em uma tarde friazinha (:

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia esse filme. O filme parece ser um filme bem lindo, mas bem clichê também. Mas quero assistir mesmo assim. Adorei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Tive que assistir antes de comentar e não me arrependi!
    Gostei muito do filme, dos protagonistas, do jeito como o filme é abordado... Não esperava que fosse gostar tanto e acabei me surpreendendo. Apesar do final ser triste, o filme em si é cheio de significado. Mostra realmente com o que os jovens de hoje convivem e também os conflitos internos que passam (me sinto como a Natalie,às vezes, não vou negar). O Jesse está impecável no papel e adorei o jeito misterioso e existencialista dele.

    ResponderExcluir
  17. "Impressão" de que já vi essa história em algum lugar, hehe. Enredo bem típico de filmes adolescentes, diria até bastante clichê, mas dependendo do desenvolvimento pode ser bom, diferente, mas pra mim já não é mais interessante assistir a filmes desse tipo. Se fosse há um tempo atrás certamente eu iria adorar, mas hoje já não me agradam, independente de características que possam destaca-lo dos demais.

    ResponderExcluir
  18. Aiiiiiiiiiii, fiquei com mega vontade de assistir... E concordo plenamente com viva o dia de hoje... Só que as vezes acabamos que não fazemos isso né...

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Que resenha linda!
    Parabéns!!
    Achei o filme fascinante, me deixou curioso verdadeiramente, por ser um filme para adolescentes, e partir dessa analise feita por você, verdadeiramente parece ser um filme muito bom mesmo.
    Muito interessante.

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Ainda não conhecia esse filme, bem clichê hehe. Boa pedida para uma sessão da tarde, vou procurar pra assistir :)

    ResponderExcluir
  21. Adorei o post!
    Já tinha ouvido falar desse filme e me interessei para assisti-lo logo que li a sinopse. Até tinha marcado um quero ver no meu perfil do filmow.
    É clichê? Poxa... =/
    Vou baixar o filme quanto tiver paciência e provavelmente farei resenha.
    Bye o/

    meu perfil no filmow: http://filmow.com/usuario/Gui_bwmr/

    silborgue.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Fiquei olhando o menino da capa e pensando, "nossa, parece o Jesse McCartney", até que vi o nome dele. Enfim. No começo achei que a menina tivesse alguma doença grave e estivesse com os dias contados, mas depois deu pra entender o que você quis dizer. Mas, é quase sempre assim, nee. A gente fica muito na sombra do que os nossos pais querem pra nós, temendo escolher outro caminho e acabar desapontando. É o que eu pensava antes. Tá, ainda penso, às vezes. E esquecemos que a vida é _nossa_, e que devemos ter nossas próprias escolhas. Mas, voltando ao filme, pareceu ser bem bonitinho, mesmo sem todo aquele açúcar. Com certeza é um filme que eu assistiria. E, como sempre dizem, os opostos se atraem. Como meu namorado diz, é o yin-yang, um complementa o outro.

    ResponderExcluir
  23. Amo filmes com este tipo de romance e ainda não conhecia este... Obrigado pela dica, fiquei bastante interessada!!
    Bjuss

    ResponderExcluir
  24. Quando assisti a Keith eu não esperava nada dele, no final me peguei emocionada! Com os personagens, com o enredo que me tocou muito. É mesmo um filme surpreendente!

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  25. Não me interessei pelo filme, não assistir drama minha auto-estima anda meio baixa. Porém espero que um dia possa assisti-lo.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Bem clichê, mas parece um bom passatempo.

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Uau, muito bacana viu? Ainda nao assisti, mas me cativou!
    Espero conseguir vê-lo em breve! =]

    ResponderExcluir
  28. Acho que nunca ouvi falar desse filme. Isso de aula de química me lembrou logo o filme Química Perfeita. Fiquei curiosa para vê-lo já qe trata de um tema parecido com o do livro.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  29. Normalmente não me atraio por filmes desse gênero, mas não me parece ser do tipo bobo e chato como alguns desse segmento são. Talvez eu assista, gosto de filmes que tenham um algo a mais na história do que só o romance.

    ResponderExcluir
  30. Nunca ouvi falar do filme, é a primeira vez. No primeiro momento, pensei que 'Keith' se referia á um nome feminino, mas não é! Adorei o enredo desse filme, que é super romântico sem falar no Jesse McCartney, que é o galã desse longa :)

    ResponderExcluir