Livros #51 - Belo Desastre

Título: Belo Desastre
Editora: Verus
Autor: Jamie McGuire
Número de páginas: 392
Sinopse: A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.


É árdua a tarefa de abordar Belo Desastre pelo simples fato de ter me decepcionado. Após ler inúmeras críticas positivas, particularmente esperava por um conteúdo melhor articulado e desenvolvido. Tanto no que diz respeito à personalidade dos personagens quanto a história em si. Admito ter devorado as páginas com rapidez e, até mesmo, me ligado aos protagonistas. Entretanto, faltou uma base mais sólida e o aprofundamento de algumas tramas para que o resultado fosse além dos desfechos fofos e clichês.

A história se centra, basicamente, em um estranho casal de "amigos" completamente oposto. Travis ou, como conhecido nos ringues, "Cachorro Louco Maddox" é uma lenda na universidade de Eastern. Além de possuir vitórias implacáveis em lutas secretas e ilegais, apresenta um histórico de notas perfeito e a aparente habilidade de conquistar toda e qualquer garota.

Isto é, com exceção de Abby. Propositalmente invisível por detrás de cardigãs e uma estranha tendência em permanecer em seu alojamento, ela procura enterrar um passado do qual não se orgulha. Assim, se torna uma versão feminina completamente oposta do bad boy tão cobiçado. E, presa ao desejo de não ser apenas mais uma dentre todas com as quais ele já havia dormido, visa não se render à atração.
“Quanto mais ele sorria, mais eu queria odiá-lo, e, no entanto era esse o motivo pelo qual odiá-lo era impossível.”
Afinal, seu maior intuito ao se mudar para um cidade onde ninguém a conhece, com exceção de sua melhor amiga, America, é concluir a faculdade de forma pacata e discreta. Assim, ao notar que a insistência e popularidade de Travis exercem risco de atrapalharem seu plano, tem o desejo inicial de simplesmente evitá-lo e esperar que desista dela.

O grande problema é que, após uma estranha aposta, todos os sentimentos parecem começar a se embaralhar. Se Abby ganhasse, Travis teria de passar um mês sem qualquer relação sexual. Porém, se ela perdesse, teria de viver o mesmo período no apartamento dele. Independente do resultado, se desenvolvem sentimentos inegáveis que desencadeiam reações descritas no mínimo por intensas, já que surge uma relação de interdependência entre os personagens.
“É perigoso precisar tanto de alguém. Você está tentando salvar o Travis, e ele espera que você consiga. Vocês dois são um desastre.”
"- Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor."
Desta forma, o que prende e, ao mesmo tempo, repele é o desenvolvimento de dois amantes extremos. Toda raiva, angústia, ciúmes e brigas de um relacionamento comum são multiplicados. Não é difícil sentir na flor da pele o descrito, como também é fácil não se agradar com o resultado. Aconselho a dar uma chance, principalmente se gostar de romances com típicos finais felizes. Porém, é necessário ressaltar antes da leitura que há um certo teor sexual. Portanto, se não for de seu agrado, não leia.

29 comentários:

  1. Eu particularmente adorei o livro. Sou apaixonada pelo Travis ~suspiros~. Adorava a forma como ele a chama, beija-flor, é tão fofo. rs Eu adoro clichês, deve ser por isso que adorei tanto o livro. Devorei ele, assim como devorei Desastre Iminente. Quando li não esperava nada, vi alguns comentários ali e aqui. Mas foram poucos. Ler um livro criando expectativas sempre decepciona. É tenso isso. rs

    ResponderExcluir
  2. Comprei esse livro e estou louca pra lê-lo, mas antes quero concluir as séries que tenho aqui.
    Apesar de parecer meio clichê: "Bad Boy popular se apaixona pela mocinha sem graça e nerd, mocinha tenta fugir do Bad Boy, mas acaba rendendo-se a paixão/atração." Bem típico, e eu nunca curto muito clichês, são tão óbvios. Mas ouvi tantas resenhas positivas que decidi dar uma chance. E eu gosto de de livros hot, e New Adult parece ter elementos pra me conquistar.

    ResponderExcluir
  3. Eu li esse livro e adorei, quero muito ler o outro também, achei a história bem legal e me apaixonei pelo Travis kkk.
    Beijos.

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. HA! Que pena que vc não gostou tanto assim.... eu me apaixonei por este livro! Adorei cada minuto que passei lendo-o.

    bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Acredita que tenho esse livro um tempão na estante e ainda não li.
    Só tinha visto críticas positivas até agora, por isso que acabei comprando o livro. Gostei da resenha e fiquei em dúvida se iria gostar de algumas coisas. Acho que o bom mesmo depois dessa resenha é ler o livro, afinal fiquei super curiosa pra tirar minhas conclusões.
    bj

    ResponderExcluir
  7. Esse não é o meu "tipo" de livro preferido, até gosto de clichês mas acho que esse é demais... Eu só via criticas positivas sobre ele, tanto que já estava me sentindo na obrigação de ler haha! que alívio ler sua resenha rs.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  8. Nunca me interessei por esse livro, apesar de que muita gente gosta, achei a história bem clichê de filmes adolescentes americanos. Essa coisa de opostos, cara popular que fica com todo mundo mas acaba se interessando pela única que não se interessa por ele e a menina certinha e "invisível". Pra mim não dá mesmo, detesto esse tipo de história. E por se tratar de uma série, desanima ainda mais. Então pra mim que não gosto nada do gênero, não vale nem um pouco a pena. Gostei muito da resenha, deu pra entender exatamente do que se trata o livro, sem nenhuma revelação que comprometa a leitura. Como você disse, pra quem gosta desse tipo de história, é uma boa dica, mas definitivamente não é o meu caso. ;D

    ResponderExcluir
  9. Eu amei Belo Desastre, foi o primeiro New Adult que eu li e já amei o gênero também. Que pena que você não gostou tanto :/ Mas lê desastre Iminente, vai que você gosta mais. Eu gostei mais de Desastre Iminente do que Belo Desastre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Carol!! Tudo bem??
    Não imagina a curiosidade que tenho sobre este livro. Amo romances e este ainda não pude comprar somente pelo preço, estou esperando uma promoção!
    Mas li com maior atenção e adorei sua resenha. Espero poder conferir esta historia em breve.
    Bjuss♥

    ResponderExcluir
  11. Olá! Bom, já li várias resenhas sobre belo Desastre e muitas críticas positivas sobre ele. Nunca o li, mas também não tenho vontade, justamente por ser uma história comum. Gostei do seu ponto de vista, é sempre bem legal ler uma resenha com ponto de vista diferente.

    Bjs^^

    ResponderExcluir
  12. Não tenho absolutamente nenhum interesse por esse livro, sério, apesar do povo amar e tal nunca tive interesse e não tenho vontade nenhuma de ler.
    Sério, me parece ser doentil esse amor de Travis. Não é pra mim u.u

    ResponderExcluir
  13. Oi, gente!
    Vale lembrar pra quem acha que é uma saga, que na verdade são dois livros com a mesma história, porém sob pontos de vista diferentes. Talvez dê uma chance à Desastre Iminente - como foi sugerido - e goste mais.

    O Travis é um personagem "ame ou odeie". Até me agradou a versão inicial dele. Mas, com o passar da história, muitas das modificações que ele sofreu passaram a me parecer forçadas ou dramáticas demais.

    Enfim, provavelmente não gostei da história por estar cansada de romances clichês e pela expectativa que depositei. Sempre aconselho a que cada um tire sua própria conclusão. Pros que ainda darão uma chance, me contem o que acharem! Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Nossa, como você consegui dar só três de nota? O.O Bem, eu ameeei a história. Entendo que tenha se decepcionado, acontece muito isso quando criamos muitas expectativas.. mas não consigo não amar o Travis. Por mais que seja clichê, que algumas pessoas achem um amor doentio, e tudo mais, eu amo a história.
    Ele tem uma necessidade dela, que só quem sente consegue entender. Por mais que na vida real eu ache isso doentio também, (depender de uma pessoa nunca é legal), é muito fofo na história, mostra o tamanho do amor dele por ela.
    Enfim, não vou falar muito, porque se dependesse de mim eu falaria por horas sobre o livro de tanto que amei, mas não dá né, rs.
    Só digo que quando acabei o livro (horas depois), já queria mais dele, e reli o livro várias vezes. Consegui agora, uma prova da editora do segundo livro (que ainda não lançou), e só posso dizer que é ainda melhor ver as coisas do ponto de vista do Travis, ajuda a entender melhor a história, e dá um desfecho mais "adequado" pra ela. É muito, muito bom.
    Simplesmente amo o livro ♥

    ResponderExcluir
  15. Este é o livro que quero dar a minha melhor amiga rsrsrsrs
    Quis presentear com este livro, pela quantidade de resenhas positivas que li. Eu sei, logo que li a sinopse tive essa mesma sensação de ser clichê e tudo mais. Mas a minha amiga adora esse tipo de história e adoro ler clichês de vez em quando também rsrs Acho que é uma ótima maneira de deixar a mente mais leve e curar uma ressaca literária.

    ResponderExcluir
  16. Eu já conhecia esse livro e estava querendo lê-lo, e mesmo com essas 'críticas' que você falou eu quero ler ele assim que possível. Gostei muito da história, acho que se eu ler vou achar o contrário de você.

    ~~~ Blog Gossip Girl .... Fan Page .... Tudo sobre os famosos u-u ~~~

    ResponderExcluir
  17. Oi, :)

    Já li o livro e acabei gostando dele. Ao mesmo tempo em que ele me deu muita raiva! rsrs'

    Quer dizer, em certo ponto da leitura o envolvimento dos dois é inevitável, é impossível não sentir a atração, mas ainda assim eu terminei o livro com isso de achar que não sabia ao certo se os dois eram bons um para o outro, se ficarem juntos era o certo. O que Travis sentia por ela em alguns momentos parecia assustador pra mim, tanto que em certos momentos da leitura eu não sabia se os dois juntos seria um final feliz...
    Acho que mesmo depois de tanto tempo da leitura ainda não decidi! rs' Só sei que não me apaixonei pelo Travis - e isso é realmente raro =P

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  18. Eu gostei muito do livro, só achei que a autora podia ter se aprofundado mais no passado da Abby. O Livro é clichê e previsível do começo ao fim. Mas a narrativa me prendeu tanto que foi impossível não gostar do livro.

    ResponderExcluir
  19. Oi! eu ainda não estou muito querendo ler esse livro, apesar das críticas positivas, talvez um dia dê uma chance quando ele estiver barato no submarino.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Ainda não li esse livro, o único do gênero New Adult que eu li foi Losing It. Também vi muitas criticas positivas sobre a obra, você é a primeira pessoa que vejo ter deixado a desejar, mas acho que isso acontece quando esperamos muito de um livro. Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Ja tinha ouvido falar desse livro, mas nunca parei para ler do que se tratava, eu adorei a resenha e apesar do livro ter te decepcionado um pouco eu ainda assim fiquei com vontade de ler, pois adoro historias desse gênero.

    ResponderExcluir
  22. Que pena, Karol, que o livro te decepcionou um pouco. Belo Desastre entrou pra minha lista de livros favoritos. Realmente, foi uma história que me envolveu, e conquistou. O Travis e principalmente a Abby, me dão nos nervos às vezes, mas gosto de como o amor deles vai se moldando... É um livro que eu estou louca pra reler, pra matar as saudades. Beijocas.

    ResponderExcluir
  23. É um livro que pretendo ler...
    Já vi opiniões das mais diversas sobre ele, e apesar de parecer meio clichê, ainda tenho interesse (vai entender)

    ResponderExcluir
  24. Primeira vez que vejo uma pessoa que se decepcionou com o livro...
    Mas ainda pretendo ler principalmente porque esse tal de Travis me chamou a atenção haaha.
    Beijos, Thaynara
    livroscombolinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Já li tantos comentários positivos acerca desse livro que o que me fez evitá-lo até agora foram justamente as altas expectativas e medo da decepção.
    Parece clichê mas ainda não li nenhum livro dessa onda "new adult" e como já o tenho na estante, esse me parece uma boa aposta para começar. ;)

    ResponderExcluir
  26. De início acreditei que fose o típico romance clichê entre a garota sem sal e apagada + o garoto bonito e polar pegador geral.. Massss a parte da aposta me deixou realmente intrigada :O mas se tem um certo "foco" sexual ja me deixa um pouco.. Desgostosa(n gosto de historias assim) >< que confusoooo haha

    ResponderExcluir
  27. Poxa, de todas as resenhas que eu li desse livro, nao consegui gostar do enredo. Achei a historia meio fraquinha.

    ResponderExcluir
  28. Não tenho interesse nessa trama.
    Já li muitas resenhas, muitos elogios e poucas críticas, e pude perceber que não é uma trama que irá me agradar.
    Essa comoção toda que criaram em torno do Madox é justamente o que me afasta da trama. Não curto ler relacionamentos doentios e possessivos.

    ResponderExcluir
  29. Não sei se curtiria ler esse livro , li muitas resenhas de pontos diferentes , pessoas que gostaram e outras que nem tanto. Enfim , acho que esse vou deixar passar.

    ResponderExcluir