Livros #39 - Cores de Outono

Título: Cores de Outono
Editora: Novo Século
Autor: Keila Gon
Número de páginas: 440
Sinopse: O inesperado, o impossível, o destino... Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração. Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração. Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.

Primeiramente gostaria de agradecer a autora pela oportunidade, foi uma leitura bem agradável e cheia de surpresas. Ultimamente estou me surpreendendo muito com o nível dos autores Nacionais. Cores de Outono mostra a vida de Melissa, que após muito sofrimento se muda para uma pequena cidade com sua irmã, Alice para morar com seu avô. Todos sabemos como as pequenas cidade são: Poucos estabelecimentos, todos se conhecem, boatos, fofocas, olhares... e com ela não é diferente. Mas Melissa promete ficar longe de qualquer problema que possa causar sofrimento em seu avô, que demonstra tanto amor e carinho pelas netas. E o começo do livro nos mostra isso, Melissa reencontrando o garoto que conhecia em sua infância, faz novos amigos, continua a garota desastrada de sempre e sua rotina é basicamente isso. Tudo normal. Até conhecer Vincent. Sabe aquele personagem estranho, sombrio, sensual e que todas as garotas suspiram por ele? Este mesmo. Logicamente Melissa começa a ficar interessada em saber mais sobre ele, descobrir o motivo de suas atitudes tão grosseiras, de seu olhar escuro e de sua aparência amargurada e que só se veste de preto. Não precisa possuir dons especias para descobrir que o foco agora seria os dois, não é mesmo? Por um lado sim. Mas o foco não está somente nos dois... digamos que o elemento principal do livro, o motivo de tudo, o esclarecimento de todas as dúvidas está em uma pessoa em específico. Que é claro, não irei contar.




"O senhor George Wels, que carinhosamente chamo de Opa – avô em alemão – é um descendente de austríacos com um duvidoso senso de humor, mas muito correto. Tem uma visão simplificada da vida e esconde um coração sentimental."
Todos na obra são bem aproveitados e possuem alguma característica que te fará gostar de cada um. Não importa se é a mãe do seu "amigo" de infância. Todos possuem pontos positivos. Destaque para o avô de Melissa, que é impossível não gostar do mesmo. Gostei bastante de Arthur, o amigo de infância. Acredito que ele poderia ter mais destaque do que teve e sua personalidade é encantadora. Diz a verdade e é sincero o tempo todo, mesmo quando sabe que será odiado por isso. Melissa tem uma personalidade bem complicada. Não gosto, na verdade, quando as principais são um desastre, dramáticas demais e loucas por perigo. Uma garoto que se machuca o tempo todo, em todas as conversas fala sobre tudo o que passou e como sua vida é difícil e tem que proteger a Alice ou quando sabe que existe um perigo e se julga a garota mais forte e poderosa do mundo (Bella de Crepúsculo?). Este foi o ponto negativo para mim, como já citei, as personagens principais estão me irritando muito ultimamente. Por favor, que as personagens principais sejam humildes, brincalhonas, fortes (de verdade), sábias, únicas, que mostrem um diferencial e sem dramas!
"- Palavras são importantes... poderosas. Podem esconder verdades ou revelar mentiras e não gosto de ser protegida por mentiras. Prefiro me machucar com a verdade. - Melissa"
Tirando este único ponto negativo, para mim, o restante foi uma agradável leitura. A Autora soube mesclar os gêneros fantasia e romance nos pontos certos e ainda acrescentar um certo drama e suspense. A Narrativa e diálogos foram bem elaborados e não teve capítulos desnecessários, tudo foi calculado para o decorrer da trama e que tivesse um acréscimo, evitando aquelas famosas enrolações. Sua escrita, garanto que encantará todos seus leitores. Concluindo, este é mais um Nacional que merece e deve ser uma leitura obrigatória. Mostra a diversidade que nossos escritores possuem e a qualidade. Não importa se você não é fã de romance, leia pela fantasia. Se não for fã de fantasia, leia pelo romance. E caso nenhum dos dois gêneros lhe agradem, leia para conhecer a escrita da autora e sei que ao término, ao menos um dos gêneros lhe agradará. Espero que tenham gostado e leiam em breve. Aos que já leram, me contem suas opiniões.
"Vincent era o exemplo irritante dos opostos e parecia ter a dualidade como base de sua essência. Isso estava me enlouquecendo! Ele era o cavalheiro carrancudo, o gato manso e o tigre feroz; com seu olhar penetrante era capaz de seduzir, mas também aterrorizar... e tudo isso dentro de um único homem. A personificação da confusão."

10 comentários:

  1. Gente, eu amo este livro! Seria pedir muito a continuação??? kkkkkkkk
    Um livro maravilhoso, cheio de mistério e magia, e claro, um badboy lindo de morrer! I <3 Vincent!

    Adorei!!!

    bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Adoro romance (meu gênero preferido!) e sou fã de crepúsculo, então acredito que nada nesse livro me irritará! kkkkk
    Tenho ouvido falar muito nele ultimamente... ou seria 'Outono de Sonhos'?, agora fiquei confusa... duas escritoras brasileiras com livros das quatro estações! Os dois estão com nota ótima no skoob, fiquei curiosa! :D

    ResponderExcluir
  3. Li um resenha desse livro há umas duas semanas e desde então ele ta na minha lista de desejados do skoob! Estou cada vez mais adorando os autores nacionais, espero que continue assim :)

    ResponderExcluir
  4. Bacana esse livro, gosto de ver resenhas dele. É bem bom mesmo, a trama é legal e parece ser bem feita. E quem não gosta desse gênero?

    ResponderExcluir
  5. Verdade, os autores nacionais estão ficando cada vez melhores (Eduardo Spohr e Thalita Rebouças ♥), sempre aparecem uns lançamentos muitos bons mas é uma pena não serem tão valorizados... Sobre o livro, não tinha ouvido falar até então e me pareceu otimo, assim que eu der uma adiantada na minha lista de leitura (que não ta nada pequena) vou procuar ele pra ler.

    ResponderExcluir
  6. Já esta na minha lista de livros para comprar ♥ Espero que ele me surpreenda e muito, no momento estou apaixonada pelos livros de Oliver Bowden - Assassin's Creed.
    Beijos

    http://garota-oblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Acho que serei a única a comentar que não tenho interesse me lê-lo, kkkkkkk
    Curto romance, mas sem magia e seres sobrenaturais.

    Bj!

    ResponderExcluir
  8. Apesar do ponto negativo, ainda quero o livro!!!
    Amo romance, se tem um pouquinho de sobrenatural, eu piro!!! Gostei muito da resenha.....

    ResponderExcluir
  9. Estou com esse livro praticamente em mãos , mas ainda não iniciei , quero fazê-lo ainda nesse mês de agosto ;)
    Espero me surpreender com o livro , minhas expectativas estão super altas ;)

    http://livroselivrosana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho muita curiosidade de ler esse liro.. adorei a resenha me deixou com mais vontade ><

    ResponderExcluir